Identificados por incêndios florestais em Mondim de Basto e Vila Pouca de Aguiar

O Comando Territorial de Vila Real, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Vila Real, ontem, dia 17 de março, identificou dois homens de 53 e 63 anos por incêndio florestal, em duas situações distintas, no concelho de Mondim de Basto e de Vila Pouca de Aguiar.

Na primeira situação e no seguimento de um alerta de incêndio florestal na freguesia de Vilar de Ferreiros, no concelho de Mondim de Basto, os elementos do NPA deslocaram-se de imediato para o local onde apuraram que o incêndio teve origem numa queima de sobrantes florestais que se descontrolou, tendo consumido cerca de um hectare de mato.

No segundo caso, na freguesia de Tresminas, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, os elementos do NPA identificaram um indivíduo de 63 anos, suspeito da autoria do incêndio florestal que consumiu cerca de um hectare e meio de mato. Os factos foram remitidos para os Tribunais de Mondim de Basto e Vila Pouca de Aguiar.

A proteção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, continua a assumir-se como uma das prioridades da GNR, sustentada numa atuação preventiva, com o envolvimento de toda a população e demais entidades públicas e privadas, na salvaguarda da vida humana e na segurança do património de Portugal e dos portugueses.

Menu