Interior Summit coloca a valorização do interior no centro do debate

Decorreu, no passado dia 15 de outubro, a sessão de abertura do Interior Summit que contou com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, o presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, e, indiretamente, com o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, através de uma mensagem de vídeo.

No primeiro capitulo desta cimeira, que se prolongará até março de 2021, a temática central foi a Valorização do Interior. “Esta cimeira pretende colocar o interior acima de tudo, colocar esta causa na qual, por vezes, falta coragem política, mais do ponto de vista do governo central e não das autarquias locais e, portanto, para isso, é muito importante que haja medidas concretas”, explicou Duarte Mairos, presidente da Youth Academy, sublinhando que, nessas medidas, é importante incluir os jovens, olhando para eles como decisores e não consultores.

De facto, para além da sua preocupação com o futuro do interior, esta associação juvenil continua a defender que, para além de ouvir os jovens, também é preciso “dar-lhes voz”, dado que esse passo fomentará o seu envolvimento “enquanto líderes de amanhã”. “O nosso objetivo é mesmo colocar os jovens no centro do debate dado que os jovens, que hoje dão os seus primeiros passos, são os líderes de amanhã”, defendeu o representante da Youth Academy, dizendo, ainda, que, falta um arrojo por parte do Governo que poderia entregar uma verba financeira para a juventude poder envolver-se em intervenções nas suas cidades. “Se os jovens perceberem que a sua decisão vai envolver dinheiro e a criação de diferentes estruturas na cidade, sentem-se envolvidos e ficam orgulhosos de dar esse contributo à cidade. Isso é que é dar voz aos jovens, não é só ouvi-los é também torna-los parte da decisão”, concluiu. 

“A valorização do interior faz-se com todos e muito com os jovens”

Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior, felicitou a Youth Academy  pelo seu envolvimento e deixou a seguinte mensagem a todos os jovens: “A coesão territorial e a valorização do interior fazem-se com todos e faz-se muito com os jovens que têm muitos sonhos, mas que têm a oportunidade de ter uma formação académica sólida, também são mais qualificados e mais criativos para ajudar os territórios a desenvolver estratégias de desenvolvimento e conseguir, também, ajudar a implementá-las”. 

Notícia completa na Edição nº 732, amanhã nas bancas.

Menu