João Luís Silva é o cabeça-de-lista do Livre por Vila Real

O Partido LIVRE apresentou listas a todos os 22 círculos eleitorais. De Bragança a Fora da Europa, são cerca de 275 os cidadãos LIVREs que preenchem os lugares de candidatos/as a deputados/as da Assembleia da República e que vão ser escolhidos nas eleições antecipadas a realizar no próximo dia 30 de Janeiro.

O partido, que elegeu em 2019 a sua única deputada, Joacine Katar Moreira, tendo esta se desvinculado do mesmo, vai a estas eleições com esperança de voltar a eleger. Desta vez, o objectivo é mesmo um grupo parlamentar, constituído pelo menos por dois deputados, como referiu recentemente em entrevista à RTP3, o seu cabeça-de-lista por Lisboa, o historiador Rui Tavares.

Para o círculo de Vila Real, foi eleito através de primárias, como cabeça-de-lista para representar o LIVRE, o flaviense João Luís Silva, gestor de 57 anos, natural da freguesia de S. Pedro de Agostém, concelho de Chaves.

João Luís Silva fez o liceu na cidade da “Ponte de Trajano”, tendo depois cursado Gestão e Administração Pública na Universidade Técnica de Lisboa. Ex-jornalista da área económica, trabalhou no antigo Diário e Semanário Económico e no Correio da Manhã, tendo cessado essa actividade para se enredar na gestão de empresas e centros comerciais. Está também envolvido em actividade associativa com ligações à cultura e educação.

Além deste flaviense, fazem parte da Lista do LIVRE, por Vila Real, Emília Simões Abreu professora da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro (UTAD), o sociólogo e técnico tributário Luís Rebelo, a arquitecta Sofia Lourenço, o gestor de marketing digital Miguel Bento, e os suplentes Graça Nazaré e Idalberto Gomes.

Menu