Lamego: entrudo de Lazarim faz-se este ano com caretos à porta

A vila de Lazarim vai viver este ano o seu Entrudo de uma forma diferente do habitual, com os caretos a serem expostos à porta da casa dos moradores. Devido à atual pandemia, este evento não descerá à rua para celebrar um dos festejos carnavalescos mais genuínos e tradicionais do país e recriar um ambiente de folia sem igual.

As entidades organizadoras do Entrudo – a Câmara Municipal de Lamego e a Junta de Freguesia de Lazarim  – vão assinalar de uma forma simbólica esta tradição de modo a cumprir as limitações impostas pela COVID-19. A programação será constituída pela exibição de um vídeo promocional dedicado às vivências da Máscara e do Entrudo e por uma exposição que será dada a conhecer ao público nas redes sociais, a partir do interior do Centro Interpretativo da Máscara Ibérica (CIMI).

Na Terça-Feira Gorda, dia 16, o Presidente da Câmara Municipal, Ângelo Moura, participa numa conferência de imprensa de apresentação do ponto de situação da atual candidatura da Máscara de Lazarim, talhadas em madeira de amieiro pelos artesãos da vila, a Património Cultural Imaterial da Humanidade.
O objetivo primordial é preservar para as gerações vindouras esta tradição ancestral e identitária e que é o símbolo do sentir e da arte popular desta povoação do concelho de Lamego.

Menu