Leonardo, o bebé vila-realense que luta para crescer todos os dias

Aos dois anos de idade, Leonardo, de Vila Real, tem distrofia muscular de Duchenne, uma das muitas formas existentes de distrofia muscular e também a que evolui mais rapidamente. Tendo como única fonte de rendimento a venda de artesanato, a sua mãe criou uma campanha GoFundMe para fazer face às despesas com os cuidados do filho.

A condição de Leonardo não tem cura, sendo apenas possível gerir o seu conforto e adiar a sua progressão, nomeadamente as deformações articulares consequentes do mau posicionamento. Para isso, faz diversas terapias numa base diária, como fisioterapia, reabilitação psicomotora, terapia ocupacional, terapia da fala, treino alimentar e ainda integração sensorial.

No entanto, a mãe, Alexandra Silva, perdeu o seu emprego quando o seu filho nasceu e tem de estar disponível para acompanhar o filho diariamente na sua rotina de cuidados, pelo que lançou uma campanha de angariação de fundos, esperando, com essa ajuda, conseguir continuar a pagar o seu tratamento e as várias terapias.

Para além da sua distrofia, Leonardo sofre de surdez severa bilateral e tem de ser alimentado através de uma sonda que liga a sua barriga diretamente ao seu estômago. Não obstante, e apesar das dificuldades, todas as terapias que faz e todo o apoio que tem recebido, têm-lhe permitido fazer progressos e caminhar de pequena em pequena vitória.

Menu