Livro de vila-realense aborda os meandros do futebol profissional

Geral

O vila-realense Diogo Melo, 22 anos, ex-futebolista, é o autor do livro “A Finta de uma Vida” que relata a sua vivência de 10 anos no complexo mundo do futebol, “de cunho autobiográfico que reconstrói os anos da vida do autor”.

Futebol que pôs de parte, desencantado com o que vivenciou e que não correspondeu aos seus sonhos, transversais a tantas crianças pelo mundo fora.

Diogo Melo representou as camadas jovens da Associação Diogo Cão, Abambres e, chegado aos 12 anos de vida, deixa a família e amigos e parte para Lisboa, a fim de representar o Sporting, vivendo na Academia, treinava, jogava e estudava.

Achava que tudo corria bem, mas, um dia, de uma forma fria, um dirigente dispensa-o. De malas feitas parte para novas aventuras, vai para o Sp. Braga, sai para o Boavista, até que lhe surge um empresário que o leva para Inglaterra onde representa o West Bromwich, mas quando conta legalizar a sua situação, o empresário desaparece e vê-se obrigado a regressar a Vila Real.

Quando chega, os campeonatos estavam em andamento e não consegue clube, refugia-se no seu quarto e foi o irmão que lhe fez ver que o futebol não é tudo na vida.

Então, mete mãos à obra, parte para Coimbra onde cursa gestão, põe de parte o futebol, e hoje é o Secretário-geral da Delegação Centro-Associação de Jovens Empresários Portugal- China.

Jorge Carvalho

Menu