Manuela Tender é a escolha do Chega para as próximas legislativas

Manuela Tender, ex-deputada da Assembleia da República, eleita pelo PSD para o círculo de Vila Real, entre 2011 e 2019, é a cabeça de lista do Chega às próximas Eleições Legislativas, que se realizam a 30 de janeiro.

Depois de André Ventura ter apresentado Sérgio Ramos, que foi candidato às autárquicas de 2021, por Vila Real, houve uma mudança de planos em articulação com a distrital, informou o partido.

Assim, o Chega considera Manuela Tender como uma candidata “muito relevante” para o distrito de Vila Real, que poderá “angariar votos entre os que estão desencantados pelo PSD”.

Depois de 15 anos de militância, a ex-deputada deixou o PSD em fevereiro de 2020, na sequência das últimas Eleições Legislativas, para as quais não foi indicada como candidata. Manuela Tender escreveu, nas redes sociais, que o partido estava “sem rumo nem estratégia, sem voz nem liderança, sem ambição nem projeto, sem combatividade nem um claro caderno reivindicativo para o concelho e a região, num divórcio crescente com os anseios e preocupações dos cidadãos”.

“Decidi exercer livremente os meus direitos e deveres de cidadania ativa, crítica e participativa, sem sujeição a códigos de conduta nos quais não me revejo e que condeno e condenarei sem complacência”, escreveu Manuela Tender, no momento da saída.

Menu