Mensagem do Bispo da Diocese de Vila Real para o Dia da Mães

Para assinalar o Dia da Mãe deste ano quero enviar uma saudação especial a todas as mães.

Este dia recorda-nos que a nossa mãe é uma pessoa única, especial, um verdadeiro tesouro. Aquela que nos gerou e nos acolheu neste mundo, que cuidou de nós com amor, nos acompanhou quando crescemos é alguém incomparável, alguém a quem estamos unidos por um laço inquebrantável.

Neste dia precisamos de reconhecer o trabalho incansável das mães para que nada falte aos filhos; precisamos de estar mais atentos às suas dificuldades e àquilo que faz sofrer o seu coração; precisamos de escutar os seus sonhos e anseios mais profundos.

As mães testemunham a beleza da vida e do mundo. «Uma sociedade sem mães seria uma sociedade mais desumana e  egoísta», lembra o Papa Francisco. Por isso, neste dia reforçamos o nosso desejo um mundo com mais crianças felizes, com direito a terem mãe e pai.

As mães testemunham também a beleza e a simplicidade da fé. A raíz mais profunda da nossa fé tem quase sempre uma marca maternal. Por elas recebemos os ensinamentos mais essenciais sobre a vida e a fé, envolvidos de ternura e carinho.

A todas as mães que sofrem com os problemas dos filhos ou as dificuldades das famílias enviamos uma mensagem de solidariedade e conforto. A todas as mulheres que tiveram de adiar o seu casamento ou maternidade por causa da pandemia endereçamos uma palavra de ânimo. Tenham um pouco mais de paciência, não desistam de tão belos sonhos.

«Queridas mães, obrigado por aquilo que sois na família e por aquilo que dais à Igreja e ao mundo». Que Deus vos abençoe e proteja e Maria, mãe de Jesus, vos auxilie na vossa missão.

Vila Real, 30 de abril de 2021

+António Augusto de Oliveira Azevedo

Menu