Mesão Frio acolheu comemorações do Dia da Diocese de Vila Real

Durante a tarde de ontem, Mesão Frio acolheu as comemorações do Dia da Diocese de Vila Real, na Avenida Conselheiro José Maria Alpoim, numa altura em que a mesma está a viver um momento importante da sua história, já que, a 20 de abril de 2022 celebra 100 anos.

Por tradição, o dia da diocese é um encontro anual festivo do Bispo da diocese com o povo e celebra-se de modo itinerante, percorrendo os vários concelhos da região.

Este ano, pertenceu a Mesão Frio acolher as celebrações, que tiveram início pelas 15 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. O Vice-presidente da Câmara Municipal de Mesão Frio, Paulo Silva, presidiu à cerimónia com uma palavra de esperança e fé, realçando a importância deste evento ser em Mesão Frio. A iniciativa prosseguiu com uma mesa redonda sobre o tema «Laudato sì: viver a vocação de guardiões da obra de Deus em Vila Real», na presença dos oradores Joaquim Bernardino Lopes (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) e Ilda Couto Lopes.

De seguida, pelas 16h30, decorreu a Eucaristia Solene, aberta à participação de toda a comunidade, presidida pelo bispo diocesano, D. António Augusto Azevedo. A missa foi solenemente acompanhada pelo grupo coral «Mesão Frio E(n)canto» dirigido pelo Professor Diamantino Nogueira.

A autarquia contou com a colaboração do Agrupamento de Escuteiros de Vila Marim para garantir que o distanciamento, a utilização de máscara e a desinfeção das mãos estavam a ser cumpridos.

A cerimónia terminou com um concerto musical, pelas 17h30, de Anaísa Silva e Névio Silva.

Menu