Mesão Frio apresentou Equipa de Intervenção Permanente

O concelho de Mesão Frio assinalou mais um momento singular, desta vez, no âmbito da proteção civil e de socorro à população. No passado domingo, dia 27 de janeiro, pelas 11h30, decorreu a cerimónia de apresentação da Equipa de Intervenção Permanente (EIP) da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Mesão Frio (AHBVMF) que, a partir do dia 1 de fevereiro, assegura, a tempo inteiro, o serviço de socorro à população. No Salão Nobre da associação humanitária, os cinco profissionais que integram a equipa assinaram os contratos que firmaram as suas funções.

A cerimónia foi presidida por Alberto Pereira, presidente da Câmara Municipal de Mesão Frio e presidente da Assembleia Geral da AHBVMF, que esteve acompanhado pelo vice-presidente e comandante do Corpo Ativo de bombeiros, Paulo Silva e pelo presidente da Direção da AHBVMF, António Almeida, na presença de elementos da Direção, dos órgãos Sociais, do executivo camarário, demais entidades representadas e sociedade civil.

O comandante Paulo Silva apresentou os cinco bombeiros que incorporam a EIP e que foram sujeitos a rigorosos critérios de seleção no concurso a que foram submetidos, referenciando a importância deste momento há muito aguardado pela associação de bombeiros.

Também o presidente da Direção AHBVMF, António Almeida, agradeceu o empenho do presidente da Câmara Municipal e do Comandante Paulo Silva, em todo o processo que levou a que mesão Frio fosse contemplado com uma EIP e felicitou a nova equipa.

Manifestamente emocionado e radiante com a concretização deste desígnio conquistado e de suma importância para o concelho, nomeadamente, depois das suas várias diligências junto do Governo, o presidente da Câmara Municipal felicitou a equipa, solicitando o “empenhamento máximo” no exercício das suas funções. Alberto Pereira refere que os encargos com a EIP serão suportados em partes iguais, pelo Governo e pela autarquia de Mesão Frio, sendo que para o corrente ano, consubstancia-se o apoio financeiro anual, dado pela autarquia à AHBVMF no valor de 66 mil euros.

A constituição da EIP resulta de um protocolo entre a Câmara Municipal, a Associação Nacional de Proteção Civil e a AHBVMF e a sua missão é prestar um serviço de socorro permanente, no âmbito da proteção civil, garantindo prontidão na defesa da população e dos seus bens, designadamente em caso de incêndios urbanos e florestais, inundações, desabamentos, abalroamentos, naufrágios, ou outras intervenções no âmbito da proteção civil.

Este é mais um apoio financeiro que a autarquia de Mesão Frio confere aos seus bombeiros, para que o socorro à população seja ainda mais qualificado e imediato, valorizando estes profissionais e reconhecendo-lhes o seu importante papel na sociedade.

Menu