Mesão Frio: consignada obra para melhoria de Infraestruturas de tratamento de águas residuais

Decorreu hoje, dia 29 de janeiro, no salão nobre dos Paços do Concelho de Mesão Frio, a cerimónia de consignação das obras previstas no Lote 1, que agrupa 9 candidaturas aprovadas e apresentadas pela empresa intermunicipal, Águas do Interior Norte (ADIN), que visam contribuir para a melhoria de Infraestruturas de tratamento de águas residuais, nomeadamente, para a construção de uma ETAR, no lugar de Vila Verde, freguesia de Mesão Frio-Santo André.

A cerimónia foi presidida pelos presidentes das Câmaras Municipais de Mesão Frio, Peso da Régua e Santa Marta de Penaguião e pelo Presidente do Conselho de Administração da ADIN, na presença de representantes da OVAVA, empresa que ganhou o concurso público para a concretização da obra, cujo prazo de execução é de um ano.

Para o edil de Mesão Frio, Alberto Pereira, a construção da ETAR de Vila Verde vem resolver um problema “gravíssimo”, uma vez que “a fossa sética não era a solução adequada e não cumpria os parâmetros exigidos”, afirmou, sublinhando que este tipo de investimentos é importante, pois “irá resolver o saneamento de várias habitações e só por si, a câmara não conseguiria resolver e nem sequer podia candidatar a fundos comunitários”.

As intervenções representam um investimento de 750 mil euros e fazem parte de um pacote de 69 candidaturas da ADIN, aprovadas no âmbito do aviso do POSEUR-12-2017-05, que incidem em várias operações de reabilitação de ETAR e redes de coletores nos municípios integrantes da empresa.

Menu