Mondim de Basto acolheu Encontro dos Agrupamentos de Baldios da BALADI

Decorreu no passado sábado, dia 19 de junho, em Mondim de Basto o Encontro dos Agrupamentos de Baldios da BALADI – Federação Nacional de Baldios.

Este encontro, que teve como objetivo fazer um balanço dos vários Agrupamentos dinamizados pela BALADI, reuniu diversas unidades do Norte e Centro do país e contou ainda com a presença do Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino e da Diretora Regional do Norte do ICNF, Sandra Sarmento.

A Presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto, Teresa Rabiço e o Vice-Presidente Paulo Mota acompanharam os trabalhos, que iniciaram com uma visita pelos Baldios do Agrupamento de Mondim de Basto para mostrar alguns trabalhos desenvolvidos nas vertentes de pastorícia, floresta e economia local.

Num território marcado por uma vasta mancha florestal, o trabalho desenvolvido pelas unidades de baldios, em consonância com outras entidades, na gestão da floresta e dos seus recursos, revela-se fundamental para a valorização do território e da economia rural.

O período da tarde foi dedicado à apresentação do balanço preliminar do Projeto Piloto dos Agrupamentos de Baldios dinamizados pela BALADI. João Quinteira, do Agrupamento de Baldios de Mondim de Basto começou por fazer a apresentação do Agrupamento de Mondim e dos trabalhos desenvolvidos na sua área de intervenção. Pedro Gomes, da Baladi, apresentou o balanço do projeto dos Agrupamentos da BALADI a nível nacional, bem como dos resultados do Inventário Florestal. David Castillo da AGRESTA exibiu os resultados do inventário florestal piloto em badios com recurso a tecnologia LIDAR Y Sentinel 2 e falou da sua utilidade para a gestão florestal e luta contra os incêndios florestais. O Presidente da BALADI, Armando Carvalho, abordou a importância dos Agrupamentos no Desenvolvimento das Áreas Comunitárias.

Seguiu-se um período de debate onde as diversas entidades representadas apontaram alguns entraves legais e técnicos que condicionam a sua atuação, solicitando a melhor atenção do governo e de outros organismos de gestão para a resolução dessas condicionantes.

O Secretário de Estado, Paulo Catarino, respondeu às dúvidas que foram levantadas e garantiu o seu empenhamento para trabalhar com a BALADI e com os diversos Agrupamentos em prol das comunidades, da preservação da natureza e dos seus recursos.

Menu