Mondim de Basto cria plano estratégico para potenciar caprinicultura, apicultura e micologia

Geral

Numa sessão muito participada que juntou agricultores e produtores do concelho, estudantes e promotores locais, a Câmara Municipal de Mondim de Basto apresentou as linhas orientadoras para a criação de um plano estratégico que visa potenciar as atividades ligadas à caprinicultura, à apicultura e a micologia silvestre no concelho.

O painel de convidados para esta sessão contou com especialistas das diferentes atividades em estudo, mas também testemunhos de produtores que já desenvolvem a sua atividade no concelho.

Como explica o Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira, “o concelho de Mondim de Basto tem uma ocupação florestal e de incultos da ordem dos 80% do território e 11% de agricultura. Este plano estratégico tem como objetivo potenciar o aproveitamento não lenhoso dos produtos endógenos da floresta, assegurar a sustentabilidade do território, fomentar a cooperação dos produtores e empreendedores locais e definir ações e estratégias que possam contribuir para o fortalecimento económico, bem como atrair e fixar novos residentes no concelho”.

A Câmara Municipal assume assim a responsabilidade de criar um plano integrado para o território, de juntar e atrair as pessoas e dar uma perspetiva económica e integrada para estas três atividades, identificadas com potencial de desenvolvimento.

A caprinicultura e a apicultura já possuem alguma dimensão no concelho. A micologia silvestre está a dar os primeiros passos.

Menu