Montalegre prepara-se para “Sexta 13”

Geral

primeira “Sexta 13” do ano acontece já esta semana (há uma outra em julho). Um evento de gala que coloca Montalegre na primeira linha da curiosidade nacional. O maior espetáculo de rua de Portugal promete voltar a surpreender os milhares de visitantes que são aguardados ao longo dos próximos dias.

Apostar na contínua «inovação» e «criatividade»- É desta forma que o presidente da Câmara de Montalegre projeta a primeira “Sexta 13” do ano. Não seguir este caminho, esclarece Orlando Alves, «é meio caminho andado para a degenerescência daquilo que tem de continuar a constituir uma força motora muito grande do desenvolvimento do concelho». O autarca defende que esta bitola deve ser seguida «não só na “Sexta 13” como todos os demais eventos e todas as realizações em que a Câmara Municipal de Montalegre se apruma e que no contexto nacional está bem posicionada e até dá cartas».

ESPAÇO DA RESTAURAÇÃO

Para a presente edição, o líder do município explicou: «vamos continuar a centrar na zona do Castelo o espaço preferencial da realização da “Sexta 13” e, complementarmente, ter também espalhados pela vila alguns painéis Led para que, quem não consegue entrar no Castelo, tenha a perceção daquilo que naquele local e àquela hora está a acontecer». Neste sentido, garantiu Orlando Alves, «vamos contingentar o acesso ao Castelo, isto é, a partir de determinada altura será vedado o acesso à zona onde o grande espetáculo acontece». No que concerne a novidades, vai ser criado «um espaço da restauração, que ficará nas traseiras da Câmara e na Rua Vítor Branco, onde vamos ter esplanadas de “comes e bebes” para que as pessoas possam, em família ou com amigos, ter uma zona mais recatada para poder relaxar ou descomprimir um pouco o desconforto de estar muito tempo em cima das pernas, e onde se pode também degustar alguma bebida». Ato contínuo, disse: «iremos, também, alterar o palco principal aqui na Praça do Município, onde vamos ter a partir das 02h00 da manhã os Blind Zero. Iremos alterar o posicionamento do palco de forma a que se crie aqui um ambiente mais luminoso e de maior visibilidade».

ESTRADA “MONTALEGRE-CHAVES” TRANSITÁVEL

Como oportunamente noticiamos, o troço da estrada municipal 508 que liga Vilar de Perdizes a Meixide vai voltar a receber automóveis a partir desta sexta-feira. O presidente da Câmara de Montalegre confia nesta decisão: «continuo a ter fé, e aquilo que o empreiteiro me diz é que sim, que vamos ter condições para fazer a acessibilidade a Montalegre já pelo traçado novo da nova Estrada Municipal 508. Será naturalmente ainda uma estrada em tuvenan. Não haverá tempo para colocar alcatrão». Ainda sob esta matéria, concluiu: «estamos, também, com vontade de corrigir a entrada da estrada no território de Chaves, porque a divisão do território faz-se num alto e numa curva. Vamos corrigir e vamos deixar, depois de obviamente acertarmos e combinarmos estas coisas com o colega de Chaves, à cota que tem de estar para que, quando a Câmara de Chaves o entenda, possa dar continuidade ao projeto sem que nós tenhamos de voltar atrás e mexer na nossa parte».

Menu