Montalegre vai apoiar setor da restauração com investimento de 200 mil euros

No âmbito da crise pandémica provocada pela Covid-19, o município de Montalegre acabou de assinar um protocolo com a Associação Empresarial do Planalto Barrosão (AEPB) com o objetivo de apoiar a restauração e cafetaria do concelho.

São mais de 200 mil euros – verba inscrita no Plano de Atividades Municipal, aprovado para o ano económico de 2021 – dirigidos a um setor fragilizado que muito tem padecido com a pandemia.

Cada empresa será apoiada com um ordenado mínimo, por cada funcionário, durante três meses. A associação recebeu 85 processos de candidaturas.

O presente protocolo vigora nos próximos três meses podendo ser renovado caso se justifique. O presidente da autarquia, Orlando Alves, referiu que esta ajuda poderá estender-se a outras atividades afetadas pela pandemia.

“Só desta forma é que poderíamos apoiar esta área de forma legal de um setor tão fragilizado e tão importante para a vida social e económica do concelho. Temos que perceber que o setor da restauração está fechado há praticamente um ano. Abriram nos meses de julho e agosto. É um setor que vive essencialmente com quem nos visita. Fiquei surpreendido com o número de empregados que têm ao seu serviço. É gente vital para a retoma da atividade”, informou o autarca.

Menu