Morreu Maria Feliz, a ermita que vivia há mais de 20 anos em Vila Real

Morreu Maria Feliz, uma mulher ermita, de nacionalidade alemã, que vivia há cerca de 30 anos em Portugal. Estava há mais de 20 anos radicada na freguesia de Torgueda. Sofria de uma doença oncológica e estaria em fase terminal. Sempre recusou tratamento. O marido, conhecido apenas como Feliz, foi colaborador do Notícias de Vila Real.

Os Bombeiros da Cruz Branca de Vila Real foram acionados, na tarde deste sábado, para Torgueda, devido a uma emergência relacionada com uma paragem cardiorrespiratória. Segundo o comandante, no local encontraram “uma mulher já cadáver”, “com o marido, ao lado, com os sinais vitais muito fracos”, devido a “cortes nos pulsos”. Feliz foi transportado para o hospital de Vila Real. Recusou tratamento, mas terá sido forçado a ser internado.

O casal ermita vivia na margem do rio Sordo, em Torgueda, numa casa de moleiro que restauraram. Era conhecido por viver apenas do que cultivavam. A alimentação era baseada numa agricultura sem recurso a químicos. Maria Feliz possuía bastante conhecimento sobre plantas medicinais, que cultivava no terreno próximo da habitação onde moravam. Fazia chás, cremes e remédios, que depois vendia em feiras.

Vida do casal de ermitas documentado em filme

O vida do casal serviu de tema para um filme documental, realizado por José Paulo Santos, editado em 2013. O documentário “… além da sala de espera”, que retrata a vida de dois eremitas alemães a viverem na região, integra o Plano Nacional de Cinema.

O filme dá a conhecer o dia a dia de um casal alemão que abdicou de uma vida materialista, na cidade. Maria Feliz e Feliz, foram estes os nomes portugueses que adotaram, viviam numa aldeia do concelho de Vila Real, em Torgueda.

Sempre revestido de um forte caráter filosófico, o documentário mostra a vida de duas pessoas que se dedicam a viver com aquilo que a natureza proporciona. Feliz e Maria Feliz recorrem a todos os mecanismos de trabalhos artesanais não só para fazer a sua comida, mas também para todas as lidas da casa. 

Menu