Município de Lamego integra 62 assistentes operacionais nos quadros

O Município de Lamego acaba de integrar nos seus quadros, através de procedimento concursal, 62 assistentes operacionais, consolidando desta forma o quadro de pessoal e pondo fim a um longo período de instabilidade na vida de muitas famílias do concelho.

Os novos trabalhadores exercem funções nos estabelecimentos de ensino do 1º ciclo, assumindo a responsabilidade diária de uma grande variedade de tarefas. Cabe a estas pessoas, acompanhar as crianças na execução de tarefas inerentes às atividades pedagógicas, lúdicas e recreativas, bem como confecionar as refeições, garantir a limpeza dos espaços e o serviço de portaria, entre outras responsabilidades.

No leque de novos funcionários do Município de Lamego, há muitas pessoas que exercem as mesmas funções desde há vários anos. É o caso de Teresa Pereira, que começou a trabalhar em 2004 no jardim de infância nº1 de Almacave, contratada na época pela Junta de Freguesia. Para além de dar apoio às crianças, Teresa também assegurou nos primeiros anos o prolongamento de horário na escola de Medelo. “Para mim foi uma alegria muito grande entrar agora nos quadros. É o trabalho que gosto mais de fazer e dá-me mais estabilidade pessoal”, destaca.

Maria Benedita Rodrigues, de 57 anos, também integra agora os quadros do Município. Foi contratada pela primeira vez em 2009 para trabalhar na antiga escola primária de Magueija. Entretanto, passou pelo Centro Escolar de Penude, até iniciar funções no Centro Escolar Nº1, onde trabalha atualmente no refeitório. “Fui contratada pela Câmara e pela União de Freguesias do Sul há 14 anos. Entrar nos quadros foi um alívio para mim. Eu e as minhas colegas andávamos sempre muito ansiosas para saber se, no final de cada ano, renovavam os nossos contratos. Gosto muito de trabalhar aqui”. 

Opinião partilhada por Maria João Pinto, assistente operacional no Centro Escolar Nº2, onde garante o apoio ao estudo e a vigilância e acompanhamento dos alunos. “É, para mim, uma gratidão enorme finalmente ter entrado nos quadros. Reforça muito a minha estabilidade familiar”, afirma. Iniciou funções em 2013, contratada pela Junta de Freguesias de Cepões. Pertence agora aos quadros do Município de Lamego. “Há muito tempo que ansiava por este desfecho”, confessa.

Gabinete de Comunicação CML

Menu