Município de Murça apresenta CLDS 4G – “Murça, Milhões de Esperanças”


A Câmara Municipal de Murça apresentou, hoje, o Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) 4G – “MURÇA, MILHÕES DE ESPERANÇAS”.

Este projeto, em que o município é parceiro e a Associação “2000” de Apoio ao Desenvolvimento é a Entidade Coordenadora Local, pretende “uma maior coesão e um maior desenvolvimento” na área social, apoiando mais de 300 pessoas. “O principal objetivo do promoção do CLDS 4ª Geração, em Murça, é conseguir, no âmbito da área social do nosso concelho, uma maior coesão, um maior desenvolvimento e diversas matérias importantes ao nível do emprego, do bem-estar e do apoio a um concelho tão envelhecido”, explicou o autarca, Mário Artur Lopes.

Este contrato, que conta com um orçamento de cerca de 450 mil euros e uma duração de três anos, tem vários parceiros da rede social, tais como: o Instituto de Segurança Social, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Agrupamento de Escolas de Murça, a Escola Profissional de Murça, ACES Douro I Marão e Douro Norte, a Associação Bagos D’Ouro, a Santa Casa da Misericórdia de Murça, a Associação Diferenças Nulas, o Agrupamento de Escuteiros 1147 de Murça, a Delegação de Murça da Cruz Vermelha e as Juntas de Freguesia do Concelho.

Estas entidades, segundo António José Ribeiro, presidente da direção da A2000, fornecem um apoio fundamental, posto que este projeto “só é possível graças a esta partilha com as entidades, que trabalham todas no mesmo sentido”.

“O concelho de Murça é muito frágil sob o ponto de vista social e da ação social. Ela existe, mas, em termos humanos, há muito pouca gente a trabalhar no terreno e nós somos esse reforço. Somos cinco pessoas que vêm fazer essa extensão da rede social e vêm criar aqui uma outra dinâmica no concelho”, explicou Andreia Ribeiro, coordenadora do CLDS de Murça.

Menu