Município de Murça concede apoios ao setor agrícola

A Câmara Municipal de Murça aprovou conceder um apoio financeiro às duas cooperativas agrícolas do Concelho, que servirá, essencialmente, para suportar os custos da organização e participação nos vários eventos de promoção do património agrícola murcense em concursos internacionais.

Tal como os 110 mil euros atribuídos ao sector comercial privado, no passado ano, também este valor vem acrescentar às cooperativas agrícolas locais, uma importante ajuda. São 5 mil euros que o Município local concede a cada uma delas, Cooperativa Agrícola dos Olivicultores e Adega Cooperativa de Murça.

Esta medida vem valorizar a importância basilar do vinho e do azeite na dinamização económica de um território onde o setor agrícola é uma das grandes fontes de riqueza e de emprego, tendo ainda um papel social e cultural extremamente forte.

Estes dois produtos, por sua vez, são promovidos de forma incessante pela Adega Cooperativa de Murça e pela Cooperativa Agrícola dos Olivicultores de Murça, que não só são constituídas maioritariamente por cidadãos murcenses em âmbito de cooperação, como prestam também um apoio vital a inúmeros pequenos produtores, proporcionando-lhes diversas oportunidades de comércio e de acesso a novos mercados e formações em todos os parâmetros que envolvem a produção e comercialização de produtos agrícolas, procurando sempre enquadrar estes vetores nas oportunidades que são oferecidas pelas inovações tecnológicas e, também, nas práticas sustentáveis de gestão dos recursos naturais.

Considerando estes fatores e, para dar aos produtores de vinho e azeite do Concelho mais e melhores oportunidades e para que as duas cooperativas continuem o importante trabalho de projeção da marca “Murça” no panorama nacional e internacional (com a conquista de inúmeros prémios e entradas em novos mercados), o Executivo Municipal optou por aprovar esta medida, apostando no futuro crescimento económico e turístico de Murça mas, essencialmente, na contínua melhoria das condições dos muitos pequenos produtores agrícolas que constituem uma grande parte da sociedade murcense.

Menu