Novo centro Fraunhofer oficialmente apresentado em Vila Real

No âmbito do 33º aniversário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), foi apresentado o novo centro de investigação Fraunhofer para a investigação na área da agricultura de precisão e gestão de água, com incidência na vinha e no vinho. Um centro que será instalado no distrito de Vila Real, no Régia Douro Park e que, segundo a diretora da Fraunhofer Portugal AICOS, Liliana Fernandes, criará cerca de 20 novos postos de trabalho qualificado.

Nesta apresentação oficial, esteve presente Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que considerou esta parceria “mais do que um protocolo” que irá permitir avanços numa nova vertente da agricultura: “Estamos aqui a criar um segundo centro Fraunhofer numa área particularmente crítica para Portugal, para a Alemanha e para a Europa. A ideia de tentar aumentar a produtividade do solo, reduzindo o consumo da água e o consumo de energia. Portanto, o compromisso e o desafio que aceitámos fazer com o Fraunhofer foi criar um centro, com instalações aqui em Vila Real e em Évora, para a nível europeu, desenvolver quintas experimentais para uma nova geração da agricultura: a agricultura de precisão”, explicou, justificando que a instalação do centro foi feita em dois locais diferentes, para permitir o estudo da agricultura e gestão da água em dois ambientes totalmente diferentes.

O vice-reitor da UTAD, Emídio Gomes, explicou ao NVR que, dentro dos temas de gestão de água na agricultura inteligente, os temas de investigação centrar-se-ão na gestão de águas, tendo por base os sistemas de filtração “focados em adegas, lagares e tudo o que seja gestão de água ligada a sistemas inteligentes de agricultura”. Para além disso, na equação também estarão incluídas as áreas relativas à monitorização da agricultura, uma disciplina considerada “um tema muito forte da universidade” pelo vice-reitor.

Notícia completa na edição nº 660, já nas bancas.

Menu