Peso da Régua: IPSS’s com 50 camas para internamento em caso de emergência


Está concluída mais uma etapa do plano de trabalho de prevenção, no contexto do contágio pelo novo coronavírus – Covid 19, com vista à melhor preparação possível para lidar com este grande desafio de saúde pública no Peso da Régua. A esperança num futuro com saúde leva-nos a redefinir estratégias e a ser proativos, sobretudo, junto da população mais vulnerável – os idosos, com particular incidência nos que vivem em Lares de Terceira Idade.

Assim, na sequência da instalação do Centro de Rastreio ao COVID-19, no Hospital D. Luiz I, a Câmara Municipal do Peso da Régua criou uma resposta de internamento, com 50 camas, destinadas, em primeira linha, para as Instituições de Solidariedade Social do concelho. No entanto, está, desde já, salvaguardada a possibilidade desta capacidade ser alargada a mais 50 camas, no sentido de se poder assegurar resposta a outras situações paralelas.

“A prevenção continua a ser regra do trabalho encetado pela Câmara Municipal do Peso da Régua, porque em primeiro lugar estão as pessoas, a sua saúde, o seu bem-estar e a sua segurança”, informou a autarquia.

Menu