Peso da Régua reforça medidas de apoio às famílias

Com o objetivo de ajudar a minimizar os efeitos negativos na economia das famílias reguenses, resultantes da pandemia Covid-19, a Câmara Municipal do Peso da Régua aprovou três medidas complementares de apoio, com o objetivo de reduzir o impacto das restrições na economia familiar.

As medidas são: Emissão de vale, no valor de 1€/m3 de água, distribuído em anexo ao recibo enviado no final de novembro, para que as famílias usufruam do mesmo durante o mês de dezembro. O vale pode ser descontado no comércio tradicional e na restauração. De sublinhar que este vale se traduz em benefícios partilhados, uma vez que resulta em poupança para as famílias, que nas suas compras poderão descontar o valor do mesmo, incrementando-se assim a economia local, com compras no comércio e idas à restauração; Redução da taxa do IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis, de 0,4% para 0,375%. Além disto, a Câmara Municipal fixou uma redução da taxa em função do número de dependentes que compõem o agregado familiar; Atribuição de 44 bolsas de estudo a alunos do ensino superior, no valor de 750 euros/cada. Esta medida tem um caráter excecional, justificado pelas dificuldades impostas pela Covid-19. A Educação continua a ser uma das grandes prioridades deste Executivo Municipal que, num ano atípico, não podia deixar de reforçar a ação social escolar, passando de 15 para 44 as bolsas de estudo a atribuir.

A Câmara Municipal do Peso da Régua pretende que estas medidas se traduzam numa ajuda efetiva e que possam fazer a diferença na vida das famílias reguenses.

Menu