Plano de fogo controlado em execução no concelho de Boticas

A Câmara de Boticas, através do Gabinete Técnico Florestal (GTF), em colaboração com a Cooperativa Agrícola de Boticas (CAPOLIB) e com os Bombeiros Voluntários de Boticas (BVB), está a implementar o Plano de Fogo Controlado numa área total de mais de 120 hectares, distribuídos pelas freguesias de Alturas do Barroso e Cerdedo, Vilar e Viveiro, Beça, Boticas e Granja, Sapiãos, Ardãos e Bobadela e Pinho.

No ano de 2020 e nos primeiros meses de 2021 já foram executados aproximadamente 64 hectares divididos pelas freguesias de Boticas e Granja, Sapiãos, Pinho e Alturas do Barroso e Cerdedo.

Estas ações são supervisionadas por equipas dos Sapadores Florestais e pelos bombeiros, em parcelas definidas pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

De acrescentar que têm também sido realizadas queimas controladas e queimadas extensivas, a pedido de órgãos gestores de baldios, com o objetivo de renovar as pastagens para os animais.

O Plano de Fogo Controlado foi aprovado no âmbito de uma candidatura ao Fundo Florestal Permanente – Defesa da Floresta Contra Incêndios e visa criar, dentro das áreas florestais rurais, espaços com pouca carga combustível, de forma a serem utilizados como pontos de apoio no combate aos incêndios florestais, permitindo também a proteção de zonas arborizadas, a criação de barreiras que aumentam a resiliência aos grandes incêndios e ainda a renovação e melhoria das pastagens.

Recorde-se que os munícipes que pretendam queimar sobrantes de mato provenientes de explorações florestais e/ou agrícolas ou proceder à renovação de pastagens devem, obrigatoriamente, solicitar uma autorização prévia na Câmara Municipal ou realizar o pedido através da plataforma online “Queimas e Queimadas”, em https://fogos.icnf.pt/InfoQueimasQueimadas/QUEIMASQUEIMADAS.aspx.

Menu