Polícia Judiciária deteve homem suspeito de incêndio florestal em Chaves


Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal em Chaves

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado doze incêndios em área florestal, sitas em várias freguesias do concelho de Chaves.

Os incêndios em investigação ocorreram no período compreendido entre os anos de 2018 e 2020. Os dois últimos incêndios ocorreram nos dias 03 de Junho e 20 de Julho de 2020 e consumiram área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato e carvalhos.

Os incêndios colocaram em perigo uma vasta mancha florestal, constituída por mato e carvalhos, de área agrícola constituída por soutos e lameiros, bem como de várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros.

O detido, com 44 anos de idade, pastor, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Menu