Polícia Judiciária deteve um homem suspeito de incêndio florestal em Mirandela


Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal em Mirandela

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, com a colaboração da Polícia de Segurança Publica de Mirandela, procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal, sita em Mirandela.

O incêndio ocorrido no dia 07 de Agosto de 2020, cerca das 21h00, consumiu área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato.

O incêndio colocou em perigo uma mancha florestal, área agrícola, bem como de habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida deteção e intervenção dos bombeiros que se encontravam nas proximidades a fazer vigilância a um incêndio ocorrido no dia 06 de Agosto de 2020.

O detido, com 30 anos de idade e operário da construção civil, foi presente a interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Menu