População de Guiães reclama reabertura da Caixa Agrícola


A população da freguesia de Guiães, no concelho de Vila Real, reclama a reabertura da agência Caixa Agrícola, a única num raio de cerca de 20 quilómetros, depois de, no passado mês de março ter encerrado devido à pandemia de COVID-19. Os habitantes temem que o balcão não volte a abrir.

Com cerca de 500 habitantes, a freguesia de Guiães dista cerca de 17 quilómetros da sede de concelho. A agência bancária, que serve, também, a população das freguesias limítrofes de Abaças (Vila Real), Galafura (Peso da Régua) e Paradadela de Guiães (Sabrosa), está no centro de um território fortemente marcado pela produção vitivinícola. Além disso, a maioria da população que beneficia deste serviço é idosa. A agência, situada no Largo do Eirô, possui ainda um terminal de Multibanco.

António Fontelas, habitante local, lamenta que, vários meses após o encerramento por tempo indeterminado devido ao Coronavírus, não haja mais informações sobre a reabertura. “É vergonhoso que este balcão, que está em Guiães há tantos anos, e que tem, inclusive, um funcionário da própria aldeia, feche sem dar satisfações”, referiu, adiantando que o Multibanco, apesar de estar a funcionar, há vários dias que não tem dinheiro.

O Notícias de Vila Real sabe que o presidente da Junta de Freguesia, Paulo Correia, já tentou por várias vezes questionar a Caixa Agrícola sobre a data de reabertura, sem obter, contudo, qualquer resposta. A população continua, assim, a aguardar a reabertura de um serviço que considera essencial.

Filipe Ribeiro

Menu