Prisão preventiva por abuso sexual de crianças para professor

O Tribunal de Vila Real decretou, esta quinta-feira, a prisão preventiva para o professor de ensino secundário de Vila Real, detido, recentemente, por presumível autoria de crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores.

O suspeito é acusado de crimes cometidos entre 2013 até à atualidade, em Portugal e no estrangeiro, sendo as vítimas crianças entre os 10 e os 16 anos.

Após investigação, foram recolhidos materiais informáticos pertencentes ao professor que continham imagens de cariz sexual de menores, sendo estes partilhados pelo sujeito com indivíduos de vários países.

Menu