Visita virtual reforça humanização de cuidados nas unidades hospitalares da região

No âmbito do projeto “Visita Virtual”, desenvolvido pelos Serviços de Comunicação, Gestão da Qualidade, Gestão da Informação, Grupo de Coordenação Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência a Antimicrobianos e a Comissão de Humanização do CHTMAD, as diferentes Unidades Hospitalares foram dotadas de alguns equipamentos tecnológicos (tablets) doados a esta Instituição, com o intuito de facilitar o contacto dos doentes internados com os seus familiares | cuidadores.

Neste sentido, e numa época de maior distanciamento social, torna-se possível a concretização de uma “visita virtual”, em modo videochamada, entre doentes e familiares | cuidadores incentivando-se, assim, o contacto de proximidade.

Pela vivência dos tempos atuais, torna-se imperativo reinventar-se metodologias, salvaguardando-se o cumprimento escrupuloso das medidas de segurança e higiene definidas. A implementação desta “visita virtual” facilitará a comunicação | interação entre doentes e entes queridos, otimizando a humanização dos cuidados de saúde com ganhos efetivos no bem-estar emocional e psicológico de todos os intervenientes neste processo comunicacional.

Assim, e para que este projeto chegue a todos aqueles que dele necessitam, no momento da admissão do doente, será feito o registo de um contacto telefónico de um familiar/cuidador significativo que, de forma diária, e no período das 13h00 às 21h00 horas, será contactado por um elemento da equipa de enfermagem do Serviço onde o seu familiar se encontra internado, no sentido de se estabelecer esta comunicação que diminui o sentimento de isolamento. Este contacto será efetuado, só e apenas, quando a condição clínica do doente internado o permitir.

A importância da humanização assistencial é reforçada nesta época pandémica em que o distanciamento entre pessoas ganha um peso difícil na vida de todos os intervenientes. Aumentar o conforto, reduzir o stress, estados de ansiedade e tristeza e contribuir para a manutenção do vínculo afetivo é fundamental para a promoção de uma melhor recuperação dos doentes e, também, uma maior tranquilidade nos seus familiares | cuidadores.

Com estes novos equipamentos nas diferentes Unidades Hospitalares, o distanciamento social será encurtado e as ligações emocionais manter-se-ão até a alta do doente internado.

Menu