PSD: José Silvano anunciou candidatos às câmaras de Ribeira de Pena, Mondim de Basto e Lamego

José Silvano, Secretário-geral do PSD anunciou, esta quarta-feira, mais 53 nomes de candidatos a Presidente de Câmara Municipal, dando por terminado o processo político de seleção dos candidatos conduzido pela Comissão Autárquica Nacional. “Foi um trabalho de cerca de um ano, sempre em proximidade e articulação com as estruturas locais do Partido, com todas as dificuldades em tempo de pandemia”, declarou José Silvano.

Na região, destaque para os nomes escolhidos para os concelhos de Ribeira de Pena (Carlos Alberto Carvalho), Mondim de Basto (Bruno Moura Ferreira) e Lamego (Francisco Lopes).

Carlos Alberto Carvalho é o candidato a Ribeira de Pena. Foi presidente da Junta de Freguesia de Cerva e é formado em Economia pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Faz, ainda, parte dos órgãos sociais da Confederação dos Agricultores de Portugal.

Bruno Ferreira é natural de Mondim de Basto, tem 37 anos, é especializado em Gestão – Ramo Pública e Empresário de profissão. Possui experiência política autárquica e partidária, tendo já desempenhado as funções de vereador do Município de Mondim de Basto, membro da Assembleia Municipal de Mondim de Basto e da Assembleia Intermunicipal da CIM do Ave.

Por fim, Francisco Lopes volta a candidatar-se a Lamego. Foi presidente da Câmara Municipal entre 2005 e 2017, cargo que deixou por limitação de mandatos. Concorre em coligação com o CDS-PP.

Francisco Lopes é quadro superior da EDP. Foi diretor Instituto de Navegabilidade do Douro e administrador do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos.

Faltam anunciar 14 nomes a nível nacional

Rui Rio, Presidente do PSD, agradeceu o trabalho da referida Comissão. “A Comissão Autárquica Nacional, liderada por José Silvano, concluiu hoje, com inegável eficácia, o processo político de escolha dos candidatos do PSD às Autárquicas 2021 que lhe competia executar. Cabe aqui uma palavra pública de agradecimento pelo excelente trabalho desenvolvido”, escreveu Rui Rio.

Com este anúncio, são conhecidos 294 candidatos (ficam a faltar 14). Todos os nomes foram homologados pela Comissão Política Nacional (CPN).

José Silvano salientou que começa agora a fase de “elaboração de listas, coligações e orçamentos e campanha”, para “terminar numa terceira fase, com a campanha de dezenas de milhares e candidatos pelo País fora”.

Em conferência de imprensa, e acompanhado por Salvador Malheiro e Isaura Morais, José Silvano traçou o objetivo principal do PSD para estas eleições: “Mais câmaras, mais eleitos e mais percentagem votos do que em 2017”.

Menu