PSP apela à entrega voluntária de armas de fogo não registadas

O Comando Distrital de Vila Real da PSP está a prestar a melhor colaboração no período extraordinário de entrega voluntária de armas de fogo não manifestadas ou registadas e da prorrogação do prazo para a prova de detenção de cofre pelos detentores de armas de fogo, reforçando também assim o sentimento de segurança dos cidadãos, uma vez que menos armas estarão livres para a prática de atividades ilícitas.

Até 23 de junho, é possível a entrega voluntária ou regularização da posse de armas ilegais sem sancionamento (criminal ou contraordenacional), pelo que a PSP incentiva todas as pessoas que detenham armas sem manifesto que aproveitem esta oportunidade para as legalizar e até ao dia 31 de julho, que façam prova da aquisição e detenção de cofre para essas mesmas armas.

Quem não pretenda legalizar as armas de fogo, pode fazer a entrega a favor do Estado ou em alternativa, não tendo licença de uso e porte de arma, podem optar pela desativação das armas.

Neste mesmo período há ainda a possibilidade de regularizar os licenciamentos, sem que haja a aplicação de coima, nomeadamente para quem deixou caducar a licença ou para quem, recebendo a herança, não comunicou a existência das armas após o falecimento do familiar proprietário da arma.

Para todos aqueles que possuem armas legalizadas e já não fazem uso delas e as queiram entregar a favor do Estado ou proceder à sua desativação, a PSP aconselha a aproveitarem e se desloquem a qualquer Unidade Territorial da Polícia de Segurança Pública ou da Guarda Nacional Republicana, ou, em alternativa, a presença das Unidades Móveis de Atendimento da PSP nas localidades mais distantes das capitais de Distrito. Nesse sentido, vamos estar no dia 16 de Junho em Ribeira de Pena, frente ao Centro de Saúde e dia 17, em Mondim de Basto, frente à Câmara Municipal. 

Menu