Queima de sobrantes já é possível a partir de 1 de outubro

A GNR informa que a partir de 01 de outubro de 2020 pode fazer queima de sobrantes desde que o índice de risco de incêndio rural seja inferior aos níveis muito elevado e máximo.

Para se realizar uma queima de matos cortados e amontoadas e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal e agrícola é exigida uma comunicação prévia à câmara municipal ou à junta de freguesia.

Tenha em atenção ao seguinte: não queime com tempo quente e seco ou com vento; escolha dias nublados e húmidos; leve sempre consigo o telemóvel para dar o alerta em caso de incêndio; faça a queima acompanhado.

A Guarda disponibiliza ainda um serviço de atendimento telefónico SOS ambiente e território – 808 200 520.

Menu