Rali da Água arranca para a estrada nos dias 4 e 5 de setembro

O Centro de Artes Nadir Afonso foi palco, esta segunda-feira (dia 23 de agosto), da apresentação oficial do Rali da Água – CIM Alto Tâmega, prova agendada para os dias 4 e 5 de setembro.

A apresentação da quinta prova do Campeonato de Portugal de Ralis contou, entre outros, com a presença do Presidente do CAMI Motosport, Nuno Loureiro, do Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, do Vice-presidente da Câmara de Chaves, Francisco Melo, e dos pilotos Luís Delgado e José Pedro Fontes.

Para Nuno Loureiro, “o Rali da Água não é um projeto novo, é antes o seguimento de uma prova mítica dos ralis. Fizemos história ao reativar esta prova e por isso é nossa pretensão preservar esse legado”.

Por sua vez, Fernando Queiroga, realçou a importância do rali referindo que “para além de ser uma prova repleta de história é também uma excelente oportunidade para promover o Alto Tâmega, um território de água e bem-estar, e simultaneamente trazer algum retorno económico à região”.

Já Francisco Melo enalteceu “as particularidades do rali e a forma como promove a essência do Alto Tâmega”, acrescentando que “esta é uma prova automobilística de boas memórias para este território e para as suas gentes”.

Além da alteração de nome, a prova tem outras novidades, nomeadamente a estreia do troço de Carvalhelhos e de uma prova super-especial noturna.

De referir que o Rali da Água – CIM Alto Tâmega conta com nove especiais de classificação, sendo também pontuável para a Copa Suzuki Swift 2021, Campeonato Norte de Ralis, Campeonato de Clássicos de Ralis, Campeonato GT de Ralis, Campeonato Júnior de Ralis, Campeonato de 2 Rodas Motrizes, Challenge R2 & You, KIA RC e Desafio Kumbo.

Menu