Redução do valor dos passes dos transportes públicos

Na semana passada, o presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, anunciou que o Município de Vila Real aprovou, na última reunião de Câmara, a redução da tarifa dos passes dos Transportes Urbanos de Vila Real.
Uma diminuição que será de 50 % nos passes de estudantes não gratuitos e, ainda, de oito euros nos passes mensais, passando o seu valor para 20 euros. “Vamos reduzir, nos passes escolares, cinquenta porcento relativamente ao que é suportado pelos estudantes e, nos passes gerais, vamos reduzir uma percentagem que, significa, no concreto oito euros”, disse Rui Santos, adiantando que a medida será implementada o mais rápido possível, pois, por enquanto, o município está a tentar agilizar o processo com as operadoras.
Esta iniciativa, inserida no Programa de Apoio à Redução do Tarifário nos Transportes Públicos (PART), novo programa de financiamento do Governo inscrito na Lei do Orçamento de Estado para 2019, tem como objetivo combater os efeitos negativos do excesso de tráfego automóvel e disponibilizará um investimento de 139.965,35€, dos quais 3.499,13€ serão suportados pela autarquia.
Um montante considerado baixo pelo autarca vila-realense quando comparado ao que o mesmo plano disponibilizou para outras zonas do país. “Quer per capita, quer por utilizador de transporte público, nós recebemos aproximadamente 44 euros, o Porto recebe 88 e Lisboa 124. Nós percebemos a complexidade dos transportes urbanos em Lisboa e Porto, mas acho que deviam olhar para a especificidade dos transportes urbanos em territórios de baixa densidade e isso não está refletido, não foi suficientemente ponderado e consideramos que os territórios de baixa densidade foram prejudicados”, defendeu Rui Santos.
A medida, nos passes escolares, segundo o presidente, abrange todo o concelho, enquanto que os passes gerais abrangem os transportes públicos urbanos. Uma decisão sobre a qual o município afirma estar disponível a alargar a todo o concelho, porém, ainda não dispõe de um “histórico” que lhe permita “olhar para isso e verificar qual é o impacto económico e financeiro”, explicou o presidente, adiantando, ainda, que, em breve, haverá “novidades na organização dos transportes públicos em todo o concelho de Vila Real”. “Estamos a agilizar e a compatibilizar a nossa proposta com a Comunidade Intermunicipal do Douro e aí, provavelmente, conseguiremos alargar a todos os passes” anunciou.

Menu