Renovado protocolo entre Câmara e Associação ProAnimal

Na passada segunda-feira, a Câmara Municipal de Vila Real renovou o protocolo anual com a Associação ProAnimal, uma organização sem fins lucrativos e sem qualquer apoio financeiro, que exerce a sua missão através de voluntários, com o objetivo de reduzir o número de animais errantes no concelho, através de uma campanha de esterilização.

Com este protocolo, a associação receberá um apoio de 5 mil euros que lhe permitirá desenvolver as suas atividades de apoio.

“O município de Vila Real está empenhado em reduzir o número de animais abandonados no concelho e contribuir para o bem-estar dos nossos animais de companhia, potenciando a adoção de animais de forma responsável”, explicou Rui Santos, presidente da Câmara Municipal de Vila Real.

Para além disso, o município de Vila Real efetuou uma candidatura a apoios da Direção Geral de Alimentação Veterinária, para apoiar os munícipes do concelho que pretendam esterilizar os seus animais de companhia possam ser apoiados monetariamente.

Uma iniciativa louvada por António Brandão, presidente da associação, que a considera “um ponto fulcral” na resolução deste problema. “Existindo este procedimento médico, com o baixo custo e este apoio da Câmara de Vila Real, estamos convictos de que muitas famílias carenciadas vão poder esterilizar os seus animais, combatendo, assim, futuros abandonos”, frisou.Para aceder a este apoio, os candidatos terão de ser munícipes do concelho de Vila Real e apresentar no Gabinete de Apoio ao Cidadão da Câmara Municipal de Vila Real a declaração do médico veterinário responsável com a data da esterilização; o documento comprovativo da marcação animal com dispositivo de identificação eletrónica e do seu registo atualizado com a indicação da esterilização; o atestado de residência do requerente e o comprovativo do IBAN. 

Notícia completa na edição nº 667, já nas bancas.

Menu