Rui Santos agradeceu aos vila-realenses pelo voto de confiança

Rui Santos (PS) foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Vila Real, iniciando, assim, um terceiro mandato. O socialista conquistou 58,44% da votação, com 17.472 votos.

Em declarações, após a divulgação dos resultados, o presidente começou por agradecer o voto de confiança dos vila-realenses na sua equipa, uma vez que permitiram “alcançar, novamente, uma vitória histórica, em Vila Real”.

Rui Santos frisou estar orgulhoso do trabalho que “todos sem exceção” forneceram, da mensagem transmitida, das propostas apresentadas, das equipas e da campanha eleitoral “incansável”. “Os vila-realenses foram às urnas (…) e escolheram a candidatura que lhes deu provas, que apresentou os projetos mais sensatos e que demonstrou ter uma estratégia para Vila Real e a capacidade para a executar”, declarou.

Aos adversários, o autarca reeleito desejou que “também entendam o resultado”, fruto “de momentos muito feios”. “Para além do fantástico trabalho que fizemos nos últimos oito anos, acredito que essa forma feia de fazer política penalizou quem a utilizou”, destacou Rui Santos, agradecendo, “ainda assim” aos candidatos pelo seu envolvimento e esperando que tenham “o mesmo empenho nos quadros para os quais foram eleitos”.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Real terminou o seu discurso repetindo o seu agradecimento aos vila-realenses e renovando o seu compromisso e o da sua equipa para com a população.

Recorde-se que o PS elegeu cinco vereadores (Rui Santos, Alexandre Favaios, Mara Minhava, Adriano Sousa e Carlos Silva) e a coligação “Vila Real à Frente” elegeu dois (Luís Tão e Nataniel Araújo).

O Chega é a terceira força política no concelho de Vila Real, com 4,17 % da votação e um total de 1.246 votos. Segue-se o Bloco de Esquerda (BE), com 2,68% e 802 votos e a CDU, com 2,12% e 633 votos.

A abstenção foi de 40%. Votaram 29.898 pessoas.

Fotografia de arquivo

Menu