Terras de Trás-os-Montes suspende eventos até ao final do ano

Face à evolução da situação provocada pela pandemia da Covid-19 o Conselho Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes decidiu manter a suspensão da realização de eventos no território. 

Esta medida foi revista na última reunião deste Conselho, realizada a 11 de novembro. Os Presidentes de Câmara dos nove municípios que integram a CIM das Terras de Trás-os-Montes entenderam não estarem reunidas as condições para a realização de iniciativas que contribuíam para a aglomeração de pessoas, pelo menos até ao final do mês de dezembro. 

Recorde-se que a decisão de suspensão de eventos no território está em vigor desde 13 de maio e tem vindo a ser revista em função da evolução da situação pandémica. Desde essa altura, e tendo como objetivo contribuir para a contenção da propagação da COVID 19, a iniciativas como Feiras Temáticas, Festas Populares, Festivais e iniciativas análogas que impliquem ajuntamentos de pessoas estão canceladas nas Terras de Trás-os-Montes.

A medida aplica-se aos concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vila Flor, Vimioso e Vinhais. 

Tendo em conta o quadro atual, com os últimos dados conhecidos a merecerem a preocupação acrescida dos autarcas e o reforço de medidas preventivas a resolução de prorrogação do prazo de suspensão de eventos foi assumida unanimemente pelos membros do conselho Intermunicipal das CIM das Terras de Trás-os-Montes. 

Menu