Uma centena de pessoas caminhou pela reativação da Linha do Corgo

No passado domingo, foram muitos os que se juntaram aos Verdes na “Caminhada Pela Reativação da Linha do Corgo”. Perto de uma centena de pessoas, respondendo ao apelo do Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), juntaram-se aos residentes e participaram na pela Linha do Corgo, entre Vila Real e a Régua.

Ao longo do percurso, o contacto com a população confirmou a sua vontade em ver e ouvir o comboio apitar novamente no Vale do Corgo. Os caminhantes tiveram oportunidade de confirmarem a beleza da paisagem e as potencialidades turísticas de que ela, por si só, se reveste.

Os Dirigentes Nacionais do PEV, entre os quais o deputado José Luís Ferreira, a candidata dos Verdes na lista da CDU ao Parlamento Europeu, Mariana Silva, e Manuela Cunha, que acompanha as questões ferroviárias, puderam conversar com o secretário da União de Freguesias de Nogueira e Ermida e com o presidente e a secretária da Junta de Freguesia de Alvações do Corgo, autarcas que também demonstraram a sua vontade em ver a linha do comboio reativada, salientando os benefícios que daí adviriam para as populações.

“Esta vontade, claramente expressa, irá chegar à Assembleia da República por via do deputado ecologista, materializando-se assim o compromisso do PEV com as populações”, referiu o partido. Na intervenção inicial de Manuela Cunha, foi reassumido que, por iniciativa do PEV, no quadro da negociação com o Governo do PNI 2030, foi aberta uma “pequena porta” a essa possibilidade.

A candidatada Verde ao Parlamento Europeu, na lista da CDU, salientou a importância da contribuição do comboio para combater as alterações climáticas, contribuindo para a descarbonização, em prol de um país e uma Europa ambientalmente sustentáveis.

Menu