UTAD tem Carta para a Alimentação Saudável e Sustentável

Foi criada a “Carta para a Alimentação Saudável e Sustentável da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro” (UTAD), integrada nos objetivos do Plano Estratégico da Universidade, que pretende criar um campus onde a escolha saudável e sustentável seja mais fácil.

Pretende também apoiar o desenvolvimento da Agenda 2030, nomeadamente nos processos de inovação e investigação (ODS 16), da estratégia europeia “Farm to Fork” (ODS 17), a Defesa do Direito Humano à Alimentação Adequada (ODS 2 e 18) e o Consumo Alimentar Mais Saudável e Responsável (ODS 3 e 12).

Esta Carta tem cinco princípios orientadores, nomeadamente  “Assegurar o acesso a uma alimentação saudável, equilibrada e variada, tendo em consideração as necessidades do indivíduo e da sua situação no ciclo de vida”; “Garantir a segurança alimentar”; “Promover a sustentabilidade alimentar e a redução do desperdício alimentar”; “Promover o aumento da literacia alimentar”; “Promover a capacitação dos diferentes elementos da comunidade académica para a concretização de uma alimentação saudável e sustentável”; traduzidos em 30 boas-práticas a executar na UTAD.

A implementação está a ser operacionalizada com os Serviços de Ação Social (SAS), nas ementas das cantinas e restaurante, bares, e também nas máquinas de venda automática disponíveis no campus, através da “modificação dos produtos disponibilizados”, em interligação com licenciaturas e mestrados da universidade para estimular investigação dentro dos objetivos da carta. Está também prevista a realização de Workshops para estudantes com o objetivo de “sensibilizar e capacitar a comunidade académica para a importância da alimentação saudável”, refere Carla Gonçalves, docente e uma das responsáveis pela criação da Carta.

A monitorização da implementação destas boas-práticas será feita a cada dois anos por um grupo de trabalho constituído por docentes, investigadores, trabalhadores não docentes, estudantes, SAS, ACES Douro Marão I e Associação Académica da UTAD.

Recentemente, a criação da imagem da Carta foi objeto de um concurso entre os estudantes da UTAD, tendo o projeto de Marta Alexandra Dias de Jesus Soares Varela, do 3º ano do Curso de Engenharia Informática, ficado em primeiro lugar com um prémio no valor de 250€.

Menu