Vila Real: empresário condenado a 20 anos de prisão por homicídio


Hoje, o Tribunal de Vila Real condenou um empresário de 48 anos a 20 anos de prisão pelos crimes de homicídio simples, duas tentativas de homicídio, ofensa à integridade física grave e ameaça agravada, cometidos após um torneio de cartas.

De recordar que o caso remonta a 23 de dezembro de 2018, na aldeia de Tuizendes, freguesia de Torgueda, em Vila Real, tendo os crimes ocorrido depois de um torneio de cartas.

O coletivo de juízes decidiu desqualificar o crime de homicídio e aplicou ao arguido a pena única de 20 anos de prisão. O empresário foi ainda condenado a pagar uma indemnização global de cerca de 193 mil euros aos pais da vítima mortal e a duas das restantes vítimas, valor ao qual será descontado o montante já pago pelo empresário. Para além disso, terá de pagar 13.975 euros ao Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), pelas despesas hospitalares.

Fonte: Lusa

Menu