Vila Real: tiroteio entre grupos de etnia cigana resultou em três feridos

Um tiroteio ocorrido ontem, ao final da tarde, na Alameda de Grasse, em Vila Real, entre dois grupos de etnia cigana resultou em três feridos, incluindo uma mulher grávida, de 31 anos, os quais foram transportados para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em Vila Real.

A rixa terá sido causada por uma disputa entre clãs motivada por uma promessa de casamento de uma menor de 14 anos. No final da rixa, em que se ouviram disparos, elementos do grupo colocaram-se em fuga.

Sabe-se que um dos clãs, de Bragança, queria resgatar a jovem, que não aceitou a promessa de casamento e fugiu para Vila Real, onde tinha um namorado, pertencente a outro clã, residente naquela cidade, mas natural do Fundão.

A família, ao que tudo indica, deslocou-se até Vila Real para recuperar a jovem. Processo que resultou num confronto junto do Teatro Municipal de Vila Real, na Alameda de Grasse e se estendeu à esplanada do Café Spot, que ficou parcialmente destruída.

Os atiradores fugiram do local, levando com eles uma mulher que, mais tarde, foi levada para o hospital devido a ferimentos.

A PSP e a GNR isolaram o local e a Polícia Judiciária de Vila Real já está a investigar.

Menu